Administrar uma lanchonete ou restaurante: 5 dicas infalíveis

administrar uma lanchonete

 

Conseguir administrar uma lanchonete é algo mais difícil do que muitos pensam. Além de tomar conta do controle de caixa, é necessário garantir que o estoque esteja sempre em dia.

Além disso, é crucial adotar técnicas que favoreçam a satisfação do cliente dentro do estabelecimento. Afinal, sem o cliente nenhuma lanchonete ou restaurante tem sucesso.

Por isso, quando você visa abrir um negócio é necessário realizar um planejamento prévio. Este planejamento deve incluir diversos itens e existem alguns que não devem ser esquecidos.

Para te ajudar a priorizar as tarefas importantes para administrar corretamente seu estabelecimento, separamos algumas dicas neste artigo.

Quer abrir restaurante ou lanchonete? Então, saiba que o ramo de prestação de serviços alimentícios pode ser rentável. Porém, é necessário redobrar os cuidados com administração.

Veja algumas dicas sobre esse assunto:

 

  1. Planejamento antes de abrir restaurante ou lanchonete

Vai abrir um comércio alimentício? Então, é necessário sentar e pensar em um ótimo planejamento.

Escolha com atenção o local onde você irá montar o seu estabelecimento, crie um cardápio e pense em formas de controlar o estoque. Feito isso, comece a pensar em qual será sua margem de lucro.

Para isso, é necessário levar em conta o valor investido no negócio.

O valor investido precisa retornar para você de alguma maneira. É isso que fará o seu negócio ser rentável.

 

  1. Treine os seus funcionários

Na hora de administrar uma lanchonete é importante saber treinar os funcionários. Tanto em questões que envolvem o atendimento ao cliente, quando na produção dos lanches.

Ao abrir um restaurante esses mesmos cuidados devem ser tomados. Afinal, os funcionários também serão representantes da sua marca.

Muitas empresas sempre optam por pegar funcionários que tenham muitos anos de experiência e isso é bom. Mas, dar oportunidade para funcionários que ainda estão ingressando no mercado de trabalho também tem suas vantagens.

Ao contratar um funcionário é preciso que ele se adeque a rotina de trabalho do seu estabelecimento. Ele não pode estar cheio de “vícios” no ofício, ou seja, estar com manias e costumes que atrapalhem o seu negócio.

Por isso, o treinamento é crucial para toda a equipe. Ela irá mostrar a postura que os funcionários devem adotar.

 

  1. Prepare-se para os impostos

Infelizmente os comerciantes brasileiros pagam muitos impostos. Não há o que você possa fazer para fugir das taxas obrigatórias, então é necessário se organizar para pagá-las.

Se a sua lanchonete ou restaurante faz parte de uma franquia você pode solicitar ajuda para conseguir se inteirar melhor sobre os encargos e direitos trabalhistas dos funcionários.

Na hora de administrar uma lanchonete os cálculos destes encargos não podem ficar de fora.

 

  1. Higiene no estabelecimento

Ao abrir um restaurante ou lanchonete você estará lidando com comida. Ou seja, são alimentos que serão ingeridos por outras pessoas.

Isso significa que o cuidado com a higiene e limpeza devem ser redobrados! Na hora de elaborar técnicas para administrar uma lanchonete, não esqueça de evitar as intoxicações alimentares.

Oriente os seus funcionários a lavarem as mãos sempre. Além disso, é preciso cozinhar muito bem as carnes e lavar frutas e verduras.

Os alimentos que precisam de refrigeração devem ficar mantidos na geladeira ou freezer. Antes de utilizar um novo produto, verifique a data de fabricação para ver se está dentro da validade.

 

  1. Pesquisa ao consumidor

Fazer uma boa pesquisa ao consumidor é importante, isso irá fazer com que eles informem o que acham do alimento que você vende e do atendimento.

Mas, é importante ter cuidado. Muitas vezes estas pesquisas podem se virar contra você! Por isso, sempre trate o cliente muito bem e na hora de administrar uma lanchonete ou restaurante inclua estratégias para saber sempre a opinião dos clientes.

Deixar caixinhas de sugestões em locais visíveis é uma ótima opção para receber ideias e saber o que os clientes acham que devem ser modificados.

Além disso, você pode prestar atenção nas predileções do cliente e sempre perguntar se ele gostou da comida após finalizar o consumo.

Se o cliente costuma deixar mais da metade do prato significa que algo está errado. Então, é preciso adotar métodos para evitar o desperdício e impedir a insatisfação do cliente.

Esperamos que este artigo sobre administração de lanchonetes e restaurantes tenha ajudado. Continue se inteirando sobre o assunto lendo nosso texto sobre como atrair clientes para sua lanchonete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *